COMUNICADO

PRÓ MONARQUIA comunica que o Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança, Chefe da Casa Imperial do Brasil — e com ele seus irmãos e imediatos sucessores dinásticos Dom Bertrand e Dom Antônio — não promove, e nem mesmo apoia, a formação de um partido político monarquista.
Pelo contrário, tendo sido consultado recentemente a respeito, manifestou, expressamente, sua não aprovação a tal iniciativa, em coerência com inalterável posição mantida nessa matéria ao longo de muitas décadas, pois o movimento monárquico deve ser, necessariamente, suprapartidário.
Alerta assim aos monarquistas que se acautelem em relação àqueles que insistem em desconsiderar a orientação serena, prudente e despojada de interesses materiais, do Chefe da Casa Imperial do Brasil.

São Paulo, 28 de agosto de 2013
Pró Monarquia
José Guilherme Beccari
Presidente do Conselho de Administração

-----------------------------------

COMUNICADO

Suas Altezas D. Antonio de Orleans e Bragança, Príncipe do Brasil e D. Christine de Orleans e Bragança, nascida Princesa de Ligne, anunciaram o noivado de sua filha D. Amélia de Orleans e Bragança com Alexander James Spearman, de Edimburgo, na Escócia. O casamento será realizado na Igreja Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé em agosto de 2014, no Rio de Janeiro.

-----------------------------------

PORTAL TERRA: 82% QUEREM A VOLTA DA MONARQUIA


Página do Terra com o resultado da pesquisa

Relembrando os 20 anos do Plebiscito de 1993, o portal Terra convidou os internautas a responder a mesma enquete daquele ano. Até a cédula e as propagandas veiculadas nos horários obrigatórios sobre as formas de governo (monarquia/república) e sistema de governo (parlamentarismo/presidencialismo) foram as mesmas. 

Votaram 7.475 pessoas. O resultado favorável à Monarquia não surpreendeu, tendo em vista as incontáveis manifestações de apoio recebidas pela Casa Imperial do Brasil através de seu site oficial, antes e sobretudo depois das passeatas de protesto que eclodiram por todo o País. Mas o que impressiona mesmo são os números:

Monarquia – 6.140 votos (82,15%)

República – 220 votos (2,95%)

Parlamentarismo – 805 votos (10.76%)

Presidencialismo – 310 votos (4,14%)

A preferência pela Monarquia não poderia ser mais cabal, levando-se em conta que a quase totalidade da imprensa, tv, rádio, etc. é republicana, e faz silêncio sistemático sobre o movimento monárquico. Se considerarmos que a maioria dos internautas é constituída por jovens, veremos que anos e anos de intensa propaganda republicana na mídia e nos livros escolares redundou em nada. Cumpre notar que poucas horas após o início da pesquisa, o Terra a tirou do ar...

Os votantes foram também convidados a justificar suas preferências. A título de exemplo, transcrevemos o comentário de Volney Amorim Sena, que resume centenas de outros no mesmo sentido:

“Apoio a Monarquia porque estou ciente de que a forma republicana de governo não conseguiu organizar o País. Foram cento e poucos anos de retrocesso. Nossa História está sendo distorcida. Nossos heróis denegridos. Nossos valores desprezados. A construção da nacionalidade, obra iniciada por D. Pedro II, está se perdendo. A cidadania se enfraquece. A brasilidade está deixando de ser motivo de orgulho para nossa gente. Direitos civis e sociais estão esquecidos. A saúde e educação estão abaixo da crítica. Não existe segurança. O crime organizado, impune, ameaça a autoridade do governo. Confunde-se obrigatoriedade de voto com democracia. Nossas Forças Armadas estão desprestigiadas. O entreguismo e o servilismo oficial incentivam o domínio estrangeiro de nossa economia. A soberania nacional, proclamada por D. Pedro I, está comprometida. Pouco a pouco o Brasil está deixando de ser brasileiro. É preciso retomar o caminho aberto por nossos Imperadores. É preciso restaurar a Monarquia Parlamentar no Brasil”.

Veja reportagem completa do Terra no link:
http://noticias.terra.com.br/infograficos/20-anos-do-plebiscito/

-----------------------------------

XXIII ENCONTRO MONÁRQUICO

Realizou-se no Rio de Janeiro, em 15 de junho último, o XXIII Encontro Monárquico. Presentes mais de uma centena de participantes de todo o Brasil. O evento aconteceu no Windsor Florida Hotel, Praia do Flamengo. No dia seguinte, 16 de junho, foi rezada Missa em Ação de Graças pelo 75º aniversário de S.A.I.R. o Príncipe Dom Luiz de Orleans e Bragança, Chefe da Casa Imperial do Brasil, na Igreja da Imperial Irmandade de Nossa Senhora da Glória do Outeiro. Em homenagem ao natalício de Sua Alteza seguiu-se almoço, no mesmo hotel.

A abertura do Encontro foi feita pelo Príncipe D. Antonio de Orleans e Bragança, que deu as boas-vindas aos participantes. Em seguida falou o Contra-Almirante Alan Paes Leme Arthou sobre “Soberania e Poder Naval“. Profundo conhecedor dos mares brasileiros, detalhou como progride a construção do submarino nuclear brasileiro. A conferência subseqüente foi feita pelo Prof. Evaristo Eduardo de Miranda, tratando do tema “Agricultura no Brasil do Século XXI”. Utilizando-se de dados estatísticos, mostrou o impressionante progresso de nossa agricultura nos últimos anos, confirmando a tese de que a vocação do Brasil é a de ser o celeiro do mundo.

Os trabalhos da tarde foram abertos pelo Príncipe D. Rafael de Orleans e Bragança. Em breves palavras, discorreu sobre as qualidades que um líder deve ter. Em seguida passou a palavra ao Prof. Armando Alexandre dos Santos, cuja palestra versou sobre o tema “Dom Luiz – um nome, uma esperança, uma promessa de realização”. O Prof. Armando fez um breve relato da atuação de D. Luiz desde que assumiu a Casa Imperial, em 1981: “Foram 32 anos fecundos, operosos, cheios de realizações”. A conferência seguinte ficou a cargo do Maestro Fabrício Rodrigues Pereira. Vindo das Alterosas, falou sobre os Esplendores do Barroco Mineiro e destacou o importante papel de nossos artistas nas artes plásticas e na música.

Após breve coffee break, continuou o ciclo de conferências o Dr. José Carlos Sepúlveda da Fonseca. Em vista do caos em que se vive no mundo contemporâneo, discorreu sobre o tema “Da organicidade monárquica ao autoritarismo republicano”.

O encerramento do Encontro ficou a cargo de S.A.I.R. o Príncipe D. Bertrand de Orleans e Bragança. Profundo conhecedor da realidade brasileira, enalteceu o fato de a Providência Divina ser tão generosa com nosso povo, dando-lhe um território de dimensões continentais e uma riqueza cultural invejada pelo mundo. Trilhando as sendas da Civilização Cristã, o Brasil certamente galgará a posição de destaque que sempre mereceu, destacou o Príncipe.

Por último, foram distribuídos diplomas aos participantes.

A seguir algumas fotos ilustrativas.

Palestras

=_UTF-8_B_MS4gRC4gQW50b25pbyBhYnJlIG8gWFhJSUkgRW5jb250cm8gTW____ filename_1=__9uw6FycXVpY28uSlBH_= 2. Contra-Almirante Alan Paes Leme Arthou
D. Antonio abre o XXIII Encontro Monárquico Contra-Almirante Alan Paes Leme Arthou
3. Prof. Evaristo Eduardo de Miranda =_UTF-8_B_NC4gRC4gUmFmYWVsIGRlIE9ybGVhbnMgZSBCcmFnYW7Dp2EgYW____ filename_1=__JyZSBvcyB0cmFiYWxob3MgZGEgdGFyZGUuSlBH_=
Prof. Evaristo Eduardo de Miranda D. Rafael de Orleans e Bragança abre os trabalhos da tarde
5. Prof. Armando Alexandre dos Santos =_UTF-8_B_Ni4gTWFlc3RybyBGYWJyw61jaW8gUm9kcmlndWVzIFBlcmVpcm____ filename_1=__EuSlBH_=
Prof. Armando Alexandre dos Santos Maestro Fabrício Rodrigues Pereira
=_UTF-8_B_Ny4gRHIuIEpvc8OpIENhcmxvcyBTZXDDumx2ZWRhIGRhIEZvbn____ filename_1=__NlY2EuSlBH_= =_UTF-8_B_OC4gRC4gQmVydHJhbmQgZGUgT3JsZWFucyBlIEJyYWdhbsOnYS____ filename_1=__BlbmNlcnJhIG8gWFhJSUkgRW5jb250cm8gTW9uw6FycXVpY28uSlBH_=
Dr. José Carlos Sepúlveda da Fonseca D. Bertrand encerra o XXIII Encontro Monárquico
9. Monarquistas lotam auditório
Monarquistas lotam auditório Vista parcial do auditório
Vista parcial do público Obras monarquistas são oferecidas ao público
D. Christine, D. Antonio e D. Rafael com alguns participantes

Diplomas

Participante recebe diploma de D. Bertrand Participante cumprimenta D. Christine
Participante recebe diploma de D. Bertrand Participante cumprimenta D. Christine
Monarquista exibe diploma recebido de D. Christine Jovens, com D. Rafael, exibem seus diplomas
Monarquista exibe diploma recebido de D. Christine Jovens, com D. Rafael, exibem seus diplomas
Jovem monarquista recebe diploma de D. Christine D. Antonio entrega diploma a participante
Jovem monarquista recebe diploma de D. Christine D. Antonio entrega diploma a participante
=_UTF-8_B_RC4gUmFmYWVsIMOpIGN1bXByaW1lbnRhZG8gcG9yIG1vbmFycX____ filename_1=__Vpc3RhIGFww7NzIGVudHJlZ2EgZG8gZGlwbG9tYS5KUEc=_=
D. Rafael é cumprimentado por monarquista após entrega do diploma
   

Missa

D. Bertrand e D. Antonio entram para a Missa =_UTF-8_B_Mi4gQ2VsZWJyYW50ZSBQZS4gQW5kZXJzb24gZSBhY8OzbGl0b3____ filename_1=__MgZW50cmFtIGVtIGNvcnRlam8uSlBH_=
D. Bertrand e D. Antonio entram para a Missa Celebrante Pe. Anderson e acólitos entram em cortejo
Monarquistas durante a Missa Monarquistas acompanham a Missa
Monarquistas durante a Missa Monarquistas acompanham a Missa
5. Vista do interior da igreja =_UTF-8_B_Ni4gRC4gQmVydHJhbmQgcmVjZWJlIGN1bXByaW1lbnRvcyBhcM____ filename_1=__OzcyBhIE1pc3NhLkpQRw==_=
Vista do interior da igreja D. Bertrand recebe cumprimentos após a Missa
=_UTF-8_B_Ny4gRC4gQW50b25pbyByZWNlYmUgY3VtcHJpbWVudG9zIGFww7____ filename_1=__NzIGEgTWlzc2EuSlBH_=
D. Antonio recebe cumprimentos após a Missa
   

Almoço

=_UTF-8_B_Mi4gRC4gQmVydHJhbmQgZSBELiBBbnRvbmlvIGNvbXDDtWVtIG____ filename_1=__EgbWVzYSBwcmluY2lwYWwuSlBH_= =_UTF-8_B_MS4gQWxtb8OnbyBlbSBob21lbmFnZW0gYSBELiBMdWl6LkpQRw____ filename_1=__==_=
D. Bertrand e D. Antonio compõem a mesa principal Almoço em homenagem a D. Luiz
=_UTF-8_B_My4gRHIuIEp1dmVuYWwgZGUgQXJydWRhIEZ1cnRhZG8gc2HDum____ filename_1=__RhIEQuIEx1aXouSlBH_= =_UTF-8_B_NC4gRC4gQmVydHJhbmQgYWdyYWRlY2Ugc2F1ZGHDp8OjbyBhIE____ filename_1=__QuIEx1aXouSlBH_=
Dr. Juvenal de Arruda Furtado saúda D. Luiz D. Bertrand agradece saudação a D. Luiz